Quatro agentes da PSP foram agredidos esta quinta-feira à tarde, no Seixal, e tiveram de receber tratamento no Hospital Garcia de Orta. Em resposta ao Observador, a PSP diz que o agressor — que estava “completamente descompensado” — teve que ser sedado e internado no mesmo hospital, local onde ainda se encontra.

Um dos agentes foi suturado com quatro pontos num sobrolho. Todos já tiveram alta hospitalar.

O incidente ocorreu às 16h55, na avenida Afonso Costa, no Seixal. Dois polícias foram chamados ao local e, “após a chegada de uma familiar com a chave da residência e com a sua expressa autorização”, entraram no apartamento. Depois, “sem que nada o fizesse prever”, foram agredidos com socos por o homem estar “completamente descompensado”.

Foram chamados mais polícias ao local que conseguiram algemar o homem. Como explica a PSP, o agressor foi “constituído arguido e sujeito a termo de identidade e residência” e o processo baixou a inquérito. O Ministério Público restituiu a liberdade ao homem por este, na altura, estar sedado e internado no Hospital Garcia da Horta.