O novo Veloster N, o desportivo de duas portas da Hyundai, foi revelado no Salão de Frankfurt, mas não foi preciso esperar muito até termos a primeira oportunidade de ver a Hyundai testá-lo em pista, dado ser este modelo de competição que vai representar o construtor sul-coreano no ETCR, o campeonato reservado a carros eléctricos da categoria de Turismos.

O ETCR promete ser disputado, com várias marcas apostadas em lutar pela vitória, e se já aqui mostrámos o Cupra e-Racer, agora é a vez de se ver em pormenor o Veloster N.

À semelhança de todos os modelos que visem participar neste campeonato, o Hyundai é um tracção traseira, com o motor (ou motores) eléctrico montado ao centro, em vez de à frente, como é habitual neste construtor em veículos deste comprimento.

A montagem do motor ao centro e a tracção traseira levaram o construtor a ter de conceber um novo eixo posterior, à semelhança de todos os fabricantes que desejem participar nesta nova competição. A opção da marca sul-coreana apontou para uma solução de duplos triângulos sobrepostos.

A Hyundai já tinha bastante experiência neste tipo de competições, uma vez que participa com o i30 N no TCR, campeonato similar mas para veículos com motor de combustão, pelo que o desenvolvimento do chassi do carro de corridas eléctrico não foi propriamente um problema. Excepção feita para o facto de o Veloster N ETCR ter tracção traseira e ser substancialmente mais pesado, devido à presença da bateria.