O professor que foi detido pela PSP na segunda-feira por agressões a um aluno da Escola Secundária Rainha Dona Leonor, em Lisboa, ficou em liberdade, avançou o Correio da Manhã.

O docente de 45 anos não chegou a ser ouvido esta terça-feira por um juiz, tendo o processo sido reconduzido para o Ministério Público que vai abrir inquérito, a ser conduzido pela PSP.

A agressão terá ocorrido por volta das 10h55 de segunda-feira, durante uma aula. O professor terá agarrado o aluno de 13 anos pelo pescoço e batido com a cabeça do rapaz na mesa enquanto gritava palavrões.  Tudo terá acontecido quando o aluno tirou o telemóvel do bolso para ver as horas. O professor já tinha alertado que não queria que os alunos utilizassem o telemóvel na aula e tentou tirar o aparelho ao rapaz.

O Ministério da Educação revelou ao Observador que foi entretanto aberto um processo disciplinar e que o professor “foi de imediato suspenso do exercício de funções, em todos os estabelecimentos de ensino onde lecionava”