Um homem morreu esta quarta-feira na sequência da derrocada numa pedreira no Funchal. O homem estava desaparecido na sequência da derrocada que soterrou a escavadora que ele estava a operar.

Os bombeiros sapadores do Funchal tinham iniciado buscas para localizar e resgatar o trabalhador. A informação sobre a morte do funcionário foi confirmada ao Observador pelo comissário Marco Lobato, da PSP do Funchal. As autoridades estão neste momento a retirar o corpo do homem que morreu no local.

A vítima é Joaquim Pestana de 41 anos, que trabalharia na pedreira que pertence à Brimade – Sociedade de Britas da Madeira, avançou a CMTV. O acidente aconteceu por volta das 15h.

Notícia atualizada às 16:15 com a informação da morte do homem que estava a operar a escavadora da pedreira.