Portugal ultrapassou a Rússia no Ranking da UEFA e está agora no sexto posto graças à vitória do Benfica sobre o Lyon no jogo da Liga dos Campeões desta quarta-feira e a derrota do Zenit São Petersburgo na mesma jornada.

Apesar disso não existem efeitos imediatos para o futebol nacional. Para que surja mais uma vaga à Primeira Liga nas competições europeias, Portugal terá que segurar o lugar no ranking até ao final da época. Tarefa árdua já que apenas 0,3 pontos separam as duas nações.

Mas nem tudo são más notícias, além da vantagem pontual, Portugal tem também mais equipas a competir na Liga dos Campeões e Liga Europa. Benfica, Porto, Sporting, Sporting de Braga e Vitória de Guimarães terão que suplantar os resultados de Zenit, Lokomotiv, Krasnodar e CSKA de Moscovo.

Portugal beneficia também do algoritmo que a UEFA utiliza, já que este divide o total dos pontos somados a cada jornada pelo número de equipas que se inscreveram nas competições. Portugal inscreveu cinco equipas nas competições europeias e conta com as mesmas cinco em competição, ao contrário da Rússia que inscreveu seis e conta apenas com quatro.

Assim sendo, Portugal começa a defender o seu lugar no ranking já na quinta-feira, quando Braga, Porto, Sporting e Vitória de Guimarães defrontarem Besiktas, Rangers, Rosenborg e Arsenal, respetivamente. Pelo outro lado estarão CSKA de Moscovo e Krasnodar frente ao Kerencváros e ao Trabzonspor.

Caso se confirme a sexta posição no final da época, Portugal poderá ter três equipas a competir na Liga dos Campeões na época de 2021/2022, daqui a duas épocas.