O ator Ângelo Rodrigues, internado no Hospital Garcia da Horta desde o final de agosto, já teve alta hospitalar, segundo comunicado enviado pela agência que o representa. No Instagram, o ator também partilhou a notícia e diz: “Ressuscitado e mais forte que nunca. Obrigado por me fazerem acreditar que esta caminhada continua a fazer sentido juntos”.

Na mesma publicação, o ator partilha também uma imagem de uma notícia de 29 de agosto da Revista Flash que dizia que tinha morrido.

A segunda imagem partilhada pelo ator no Instagram

Na mesma nota enviada na manhã desta quinta-feira lê-se que o ator de 32 anos vai dar início ao tratamento de fisioterapia na próxima semana e que regressa ao trabalho ainda este ano na SIC.

O ator agradece à equipa médica dos Cuidados Intensivos, dos Cuidados Intermédios e da Cirurgia Plástica, bem como às equipas de enfermagem do Hospital Garcia de Orta, todo o  profissionalismo”, continua o comunicado.

Ângelo Rodrigues foi internado no final de agosto depois de ter sofrido um choque séptico e uma paragem cardíaca revertida pelos médicos. Os problemas de saúde terão surgido na sequência de uma injeção de testosterona mal administrada na nádega, a qual lhe provocou infeções graves numa das pernas. As infeções alastraram-se ao longo do membro e provocaram a morte de alguns dos tecidos da perna do ator.

O estado de saúde do ator começou a melhorar depois de ter sido submetido a um tratamento numa câmara hiperbárica para acelerar a cicatrização das feridas. Ângelo Rodrigues foi ainda submetido a duas intervenções cirúrgicas de reconstrução de parte da perna esquerda. Após a alta, o ator terá de continuar a fazer fisioterapia para recuperar a mobilidade da perna que ficou seriamente afetada.