O BMW i3, que continua a ser o único eléctrico da marca germânica, já beneficiou de várias evoluções, passando a usufruir de motores mais possantes e baterias com maior capacidade, com a finalidade de manter a autonomia dentro dos valores tidos como aceitáveis para os utilizadores típicos desta classe de veículos. Apesar disso, foram vários os responsáveis da BMW a avançar com a morte anunciada do i3, anunciando que, quando chegar ao fim de vida, não será substituído.

O i3 sempre foi um eléctrico rápido, fazendo assim justiça à imagem desportiva da BMW. Mas caro, sobretudo porque a sua carroçaria de linhas diferentes é produzida com recurso a painéis de fibra reforçados com carbono, com o chassi em alumínio. Numa altura em que a BMW quer incrementar rapidamente o número de veículos eléctricos produzidos, é necessário adoptar sistemas de produção e materiais para os tornar mais acessíveis e fabricados em maior quantidade. Daí que a marca tenha decidido conceber os seus novos eléctricos em cima de plataformas concebidas de forma tão versátil que permitissem igualmente alojar motores de combustão. O que não se enquadra no espírito do i3.

Oliver Zipse

Os BMW i3 actualmente em produção estão equipados com acumuladores com uma capacidade de 42,2 kWh, muito superior pois aos 21,6 kWh que ofereciam quando surgiram no mercado, em 2014. E depois de Pieter Nota, membro da administração da BMW AG ter anunciado que o i3 iria ser descontinuado em breve, eis que agora surge o “chefe”, o CEO Oliver Zipse, a afirmar que, afinal, o i3 vai continuar e vai mesmo ter direito a um upgrade de bateria, para o colocar ao nível dos seus rivais mais bem equipados em termos de autonomia.

A confissão de Zipse ocorreu durante uma entrevista ao Frankfurter Allgemeine Sonntagszeitung, com o CEO a recordar que o i3 viu as suas vendas aumentarem das 16.052 unidades em 2014 para 36.829 em 2018, prevendo a BMW incrementar este valor em 20% para 2019. A nova bateria deverá ter entre 52 e 53 kWh, o que lhe deverá garantir uma autonomia mais entusiasmante entre visitas ao posto de carga.