O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol decidiu arquivar a queixar apresentada pelo Sporting contra o Alverca pela utilização do jogador Luan no encontro da Taça de Portugal. A notícia está a ser avançada por vários jornais de desporto. Os leões foram eliminados da competição depois de perderem por 2-0 frente aos ribatejanos.

Na queixa apresentada, o Sporting alegou que Luan estava suspenso preventivamente e que, por isso, não poderia ter jogado. O jogador, que marcou o segundo golo do Alverca na 3.ª eliminatória da Taça de Portugal, tinha sido expulso, por vermelho direto, numa partida para o Campeonato de Portugal frente ao Loures. O castigo só foi divulgado um dia depois do jogo para a Taça, que aconteceu a 17 de outubro.

A decisão foi tomada esta sexta-feira durante a Sessão Não Profissional do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol.