A receita fiscal do subsetor Estado aumentou 1,3 mil milhões de euros em impostos até setembro, face ao período homólogo, impulsionada pelo IVA, ISP e IRS, indica a Síntese de Execução Orçamental divulgada hoje.

“Nos primeiros três trimestres do ano a receita fiscal líquida do subsetor Estado registou um aumento de 1.345 milhões de euros (+4,1%) face ao período homólogo, maioritariamente explicado pela evolução da receita de IVA, ISP e IRS”, refere a Direção Geral do Orçamento (DGO).

Em termos acumulados, a receita fiscal totalizou 34.154,8 milhões de euros até setembro.