O corpo de Abu Bakr al-Baghdadi foi sepultado no mar, depois da operação militar dos EUA contra o refúgio do chefe do grupo jihadista Estado Islâmico na Síria, confirmou esta segunda-feira à AFP um dirigente do Pentágono.

Este responsável, que falou sob anonimato, não avançou mais detalhes sobre esta sepultura, que recorda a de Osama bin Laden, em 2011, depois da morte do dirigente da Al-Qaida durante uma operação militar contra o seu esconderijo no Paquistão.

O “tratamento” do corpo tinha sido feito “de forma apropriada”, afirmara antes à comunicação social em Washington o chefe do Estado-Maior das forças armadas norte-americanas, general Mark Milley.

O Presidente dos Estados Unidos anunciou no domingo a morte de al-Baghdadi, numa operação militar norte-americana no noroeste da Síria. “Abu Bakr al-Baghdadi está morto”, disse Trump numa comunicação ao país a partir da Casa Branca.

Hoje, em declarações aos jornalistas, o Presidente dos EUA disse que está a pensar divulgar imagens de vídeo que mostram os minutos finais do líder do EI e o sucesso da operação militar que o Presidente acompanhou em direto a partir da Casa Branca.