O treinador João Pedro Sousa prometeu esta terça-feira um Famalicão “ambicioso” e com vontade de regressar aos triunfos na receção ao Gil Vicente, para a nona jornada da I Liga portuguesa de futebol, na quarta-feira.

Os minhotos perderam a invencibilidade no campeonato e a liderança da prova após o desaire por 3-0 no terreno do FC Porto, no domingo, mas o seu técnico realçou que os jogadores já estão “preparados” para tentarem dominar e vencer a partida frente aos ‘vizinhos’ de Barcelos.

“Vamos encontrar seguramente o mesmo Famalicão das últimas jornadas: um Famalicão ambicioso, a tentar controlar o jogo, a tentar jogar bem, a perceber que vai ter um adversário difícil. E só tem um objetivo: ganhar o jogo e somar mais três pontos”, reiterou, na conferência de antevisão ao jogo que vai decorrer no Estádio Municipal de Famalicão, na quarta-feira, às 21h00.

Terceira classificada na I Liga, com 19 pontos, a equipa famalicense vai encontrar um Gil Vicente que ocupa o 15.º posto, com sete pontos, e que venceu apenas na primeira jornada, na receção ao atual líder, FC Porto (2-1), mas João Pedro Sousa avisou que os galos são uma “equipa com capacidade para fazer mais do que o que tem feito”.

Segundo o técnico do Famalicão, o Gil Vicente é orientado por um treinador “excelente” e “muito experiente”, Vítor Oliveira, e uma equipa que cria dificuldades quer “na fase inicial da construção das equipas adversárias”, quer a atacar a “última linha defensiva das equipas adversárias”, graças a “jogadores rápidos na profundidade”.

João Pedro Sousa revelou ainda que o guarda-redes Vaná, habitual suplente, vai ser titular frente ao conjunto de Barcelos, antes de dar novamente o lugar a Defendi, na deslocação ao terreno do Sporting de Braga, para a 10.ª jornada, no domingo. “A alteração estava planeada antes deste ciclo de três jogos nesta semana. Quer nos guarda-redes, quer nos outros jogadores, temos opções com muita qualidade”, explicou.

O treinador dos minhotos frisou também que o plantel está “mais preparado” para os desafios que tem pela frente, na sequência da análise ao duelo com o FC Porto e aos erros cometidos, sobretudo defensivos, tendo salientado que a confiança nos jogadores permanece inabalável.

“Entrámos no Dragão no primeiro lugar. A classificação dizia-nos que tínhamos sido os melhores até àquele momento. Não é por um jogo menos conseguido que vamos mudar o que quer que seja. Não tenho de dar votos de confiança aos jogadores, porque os jogadores têm total confiança da equipa técnica”, observou.

O Famalicão, terceiro classificado com 19 pontos, recebe o Gil Vicente, 15.º com sete, em jogo da nona jornada da I Liga, agendado para quarta-feira, às 21h00.