Os lucros dos CTT aumentaram em 99,7% até setembro, em termos homólogos, atingindo 22,9 milhões de euros, graças “ao contributo líquido da integração da 321 Crédito” e à “melhoria operacional” da empresa, segundo um comunicado hoje divulgado.

Na nota, publicada pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os CTT revelam que, nos primeiros nove meses do ano, registaram também rendimentos operacionais de 539,6 milhões de euros, um aumento de 2,8% em relação ao período homólogo.

O EBITDA (rendimentos antes de juros, impostos, deduções e amortizações) foi de 73,3 milhões de euros, de acordo com a empresa, uma subida de 12,7%, sobretudo graças ao crescimento do Banco CTT e da área de serviços financeiros, que compensaram a queda nos segmentos de correio e nas encomendas.