O estónio Ott Tänak, que se sagrou no domingo pela primeira vez campeão mundial de ralis, ao volante de um Toyota, vai representar a Hyundai nas próximas duas épocas, anunciaram esta quinta-feira o piloto e a sua nova equipa.

A visão que Andrea [Adamo, diretor da Hyundai] tem é muito promissora e responde às minhas próprias ambições para me juntar à equipa. É uma grande honra ter a oportunidade de me juntar à equipa, neste momento empolgante das nossas carreiras”, afirmou em comunicado Tänak, 32 anos.

Por seu turno, Andrea Adamo considerou que a contratação do piloto estónio para as épocas de 2020 e 2021 “é uma demonstração da manutenção do compromisso e das ambições da Hyundai” no Campeonato do Mundo de Ralis (WRC).

“Ele tem um talento excecional, como todos vimos, é impressionantemente rápido e consistente em todos os terrenos e vai ser uma mais valia real para a Hyundai Motorsport“, rematou o responsável.

O estónio Ott Tänak (Toyota Yaris) conquistou no domingo o seu primeiro título mundial de ralis, colocando um ponto final no domínio do francês Sébastien Ogier (Citroën), vencedor das seis edições anteriores do campeonato.

Tänak precisou apenas de ser segundo classificado no Rali da Catalunha, penúltima prova do ano, a 17,2 segundos do vencedor, o belga Thierry Neuville (Hyundai i20), pois o outro adversário na corrida ao cetro, Sébastien Ogier, foi apenas oitavo.

O piloto estónio conquistou, assim, o primeiro título de pilotos para a Toyota desde o francês Didier Oriol, em 1994, pois tem agora 36 pontos de avanço para Neuville e 46 face a Ogier, quando estão em disputa apenas 30 pontos no último rali, na Austrália.