Um homem de 23 anos da Irlanda do Norte é o segundo acusado no caso das 39 pessoas que foram encontradas mortas no interior de um camião no Reino Unido, avança a emissora pública irlandesa RTE.

De acordo com a RTE, Eamon Harrison, de 23 anos, foi presente a um juiz em Dublin na manhã desta sexta-feira, depois de ter sido emitido um mandado europeu de captura sobre ele.

As autoridades britânicas acreditam que foi Harrison quem entregou o reboque no porto de Zeebrugge, na Bélgica, antes de este seguir viagem para o Reino Unido. O irlandês está acusado de 41 crimes.

O caso aconteceu na semana passada, quando um camião foi encontrado em Essex, no Reino Unido, com 39 cadáveres dentro do reboque. O camionista, Mo Robinson, irlandês, foi detido logo na altura.

Segundo a RTE, o segundo acusado passou a última noite numa cela do tribunal em Dublin e foi enviado para a prisão de Cloverhill, também em Dublin, onde ficará pelo menos até ao dia 11 de novembro.

Ao mesmo tempo, duas outras pessoas foram detidas no Vietname por alegadas ligações ao crime — as vítimas eram chinesas —, estando acusadas de tráfico humano.