Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A PSP montou na madrugada deste sábado uma operação nas zonas de divertimento noturno de Lisboa e fechou compulsivamente dois estabelecimentos por estarem a vender álcool a menores de idade. Os jovens que consumiam bebidas alcoólicas foram entregues à família, mas, por se tratarem de comportamentos de risco, também Comissões de Proteção de Crianças e Jovens foram notificadas das ocorrências.

Segundo a PSP, a “Operação Halloween”, que juntou operacionais da primeira e quarta divisão de Lisboa, decorreu entre as 00h00 e as 05h00, tendo sido fiscalizados vários estabelecimentos onde foram verificadas 14 ocorrências de venda de álcool a menores.

Em consequência disso, “foi efetuado o encerramento coercivo e imediato de dois operadores comerciais e a elaboração de nove autos de contraordenação sujeitando-se os infratores responsáveis pelos estabelecimentos à coima mínima de 2.500 euros”, avança a PSP, em comunicado.

“Os menores foram entregues aos pais mediante notificação do comportamento de risco, sendo que, igualmente os factos serão comunicados às Comissões de Proteção de Crianças e Jovens, a fim de efetuarem o acompanhamento no âmbito das suas competências”, conclui.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR