O BCP teve lucros de 270,3 milhões de euros nos primeiros nove meses deste ano, mais 5% face ao mesmo período de 2018, divulgou o banco.

Segundo o presidente executivo do banco, Miguel Maya, estes são “os melhores resultados dos primeiros nove meses de um ano dos últimos 12 anos”, apesar do “contexto desafiante” que o setor atravessa, disse em conferência de imprensa.

Entre janeiro e setembro, a margem financeira cresceu 9,5% para 1.153 milhões de euros e as comissões 1,8% para 519,1 milhões de euros, de acordo com os resultados consolidados.