A Caixa Geral de Depósitos formalizou esta quinta-feira a venda de 100% do capital social da Mercantile Bank Holdings Limited (Mercantile) ao Capitec Bank Limited (Capitec) por cerca de 215 milhões de euros, indicou em comunicado da CGD.

“A Caixa Geral de Depósitos (CGD) formalizou hoje a venda definitiva das ações representativas de 100% do capital social da Mercantile Bank Holdings Limited (Mercantile), ao Capitec Bank Limited (Capitec), por 3,56 mil milhões de rands sul-africanos (ZAR), cerca de 215 milhões de euros”, explicou a Caixa num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A cerimónia de assinatura realizou-se em Joanesburgo, África do Sul, na sede da Mercantile, com a presença do administrador executivo da CGD, Francisco Cary, e do CFO do Capitec, André du Plessis.

De acordo com o mesmo comunicado, o processo de venda da Mercantile iniciou-se em 2017, e faz parte “do Plano Estratégico aprovado no âmbito do processo de recapitalização da CGD”.

Este processo culminou com a “seleção pelo Conselho de Ministros, em novembro de 2018, do Capitec como adquirente das ações e com a conclusão, em outubro de 2019, do processo de aprovação pelas autoridades competentes”, adiantou.

A CGD referiu que, depois desta venda, vai “continuar a trabalhar com o objetivo de cumprir integralmente os objetivos do Plano Estratégico”. “Além da racionalização do negócio internacional, a CGD tem também como objetivos a redução da sua estrutura de custos e do volume de ativos não-performantes do seu balanço, de forma a melhorar a sua rentabilidade”, acrescentou.

De acordo com a Caixa, foi também concretizado um acordo de cooperação entre a CGD, a Mercantile e o Capitec “o qual consubstancia o interesse das partes em continuar a cooperar comercialmente no futuro”. “O Capitec é uma das maiores e mais dinâmicas instituições de crédito na África do Sul”, salientou a Caixa.