Os juros da dívida portuguesa estavam esta quinta-feira a descer a dois anos e a subir a cinco e a 10 anos em relação a quarta-feira, alinhados com os de Espanha.

Cerca das 8h35 em Lisboa, os juros a 10 anos estavam a subir para 0,234%, contra 0,216% na quarta-feira e o atual mínimo de sempre, de 0,065% em 15 de agosto.

No prazo de cinco anos, os juros, que entraram pela primeira vez em terreno negativo em 28 de maio, também estavam a avançar, para -0,195%, contra -0,207% na quarta-feira e o mínimo de sempre, de -0,374%, em 26 de agosto.

Em sentido contrário, os juros a dois anos estavam a descer para -0,561%, contra -0,558% no final da sessão de quarta-feira e contra o atual mínimo de sempre, de -0,684%, em 4 de setembro.

Os juros de Itália avançavam a dois anos e recuavam a cinco e 10 anos.

Os juros da Grécia desciam a cinco anos e subiam a 10 anos, enquanto os da Irlanda subiam nos mesmos prazos.