A fabricante japonesa Toyota Motor anunciou esta quarta-feira lucros líquidos de 10.565 milhões de euros no primeiro semestre do ano fiscal no Japão, um número recorde e mais 2,6% que no mesmo período do ano passado.

De abril a setembro, a primeira metade do ano fiscal no Japão, a maior fabricante japonesa do setor automóvel, obteve um lucro operacional de 11.647 milhões de euros, mais 11,3% em relação ao ano anterior. A sua faturação foi de 126.450 milhões de euros, um aumento de 4,2% em relação ao ano anterior e também um número recorde.

O fabricante vendeu 5,45 milhões de veículos no primeiro semestre do ano fiscal japonês, representando um aumento de 3% em relação ao ano anterior.

A Toyota também publicou a sua estimativa dos resultados do ano, que terminará no final de março de 2020, permanecendo inalterada em relação ao cálculo realizado no primeiro trimestre. A gigante japonesa espera que o seu lucro líquido anual atinja 17.886 milhões de euros um aumento de 14,2% em relação ao ano anterior.