Um homem foi preso em Chippenham, Wiltshire, em Inglaterra, na sequência da descoberta de um camião que levava 15 migrantes no atrelado de carga.

A detenção, com base em suspeitas de ajuda à entrada ilegal no país, foi efetuada depois de uma denúncia feita pelas 20h30 de quarta-feira, que alegava atividades suspeitas que envolviam o camião.

As autoridades fecharam a autoestrada A350, junto a um cruzamento com a estrada M4, em Chippenham e intercetaram o camião. Lá dentro estavam 15 pessoas — 14 homens e uma mulher — que foram medicamente assistidos no local, tendo um homem sido transportado para o hospital de Swindon, de acordo com a BBC.

As autoridades acrescentam que os imigrantes “parecem todos ter mais de 16 anos”, e que “pessoal da ambulância e dos bombeiros conduziram no local exames médicos iniciais”.

O condutor, com cerca de 50 anos, “foi detido pela suspeita de ter assistido à entrada de imigrantes ilegais no país e está sob a custódia da polícia de Swindon para interrogatório”, avançaram as autoridades citadas pela estação inglesa.

Este é o qaurto caso no espaço de uma semana em que são encontrados migrantes dentro de camiões (na Grécia, na Bélgica e Holanda). O caso mais grave ocorreu em Essex, a 23 de outubro, quando 39 pessoas apareceram mortas dentro de um outro camião, também no Reino Unido.