As 35 pessoas que estavam encurraladas depois de uma explosão numa mina na Alemanha já foram resgatadas, avança o Sueddeutsche Zeitung.

O alarme foi dado por volta das 10h30 (9h30 em Lisboa) no leste da Alemanha, numa antiga mina de cloreto de potássio que estaria a ser usada como aterro em Teutschenthal.

Pelo menos duas pessoas ficaram feridas e 35 trabalhadores estiveram mais de uma hora encurralados numa zona segura e com oxigénio a cerca de 700 metros de profundidade. A entrada foi tapada por uma explosão à mesma profundidade, dizem as autoridades ao jornal alemão. Dos dois feridos, um estará em situação grave e ambos foram levados para o hospital, segundo comunicou um porta-voz da polícia.

Um repórter da MDR, uma rádio local alemã, adiantou que equipas de resgate acorreram ao local e resgataram os mineiros através do caminho desimpedido. A explosão terá apenas obstruído o caminho, deixando o túnel intacto.

A mina estaria fora de atividade desde 1982 e era utilizada como aterro pelo Geiger Group, confirmou um trabalhador à estação alemã Deutsche Welle.

(notícia atualizada às 10h30 com a informação do resgate dos trabalhadores)