Dezenas de milhares de pessoas agitando a bandeira japonesa aplaudiram este domingo o novo imperador Naruhito e a imperatriz Masako, que participaram para um raro desfile por Tóquio.

Este foi o primeiro desfile do casal imperial desde o seu casamento, em 1993, e que é percebido pelo público japonês como o culminar das cerimónias de adesão ao trono e uma das raras ocasiões para ver o imperador.

Naruhito, de 59 anos, sucedeu oficialmente seu pai no passado dia 1 de maio. Uma série de rituais e cerimónias realizam-se no mês passado e continuam até ao final do ano.

A cerimónia para proclamar a adesão ao trono na presença de membros de famílias reais e líderes políticos em todo o mundo foi realizada em 22 de outubro.

O cortejo também estava originalmente previsto para esse dia, mas acabou por ser adiado por respeito às vítimas do tufão Hagibis, que matou mais de 80 pessoas alguns dias antes e causou enormes danos.

Este domingo, o casal real desfilou num carro preto japonês com assentos brancos, sorrindo e acenando para a multidão.

Com um longo vestido branco-creme e usando uma tiara entregue pela imperatriz anterior, a imperatiz Masako chegou pouco antes das 15:00 (06:00 GMT) ao lado do seu marido, que apareceu em trajes ocidentais.

Parte da plateia acampou a noite toda para garantir um bom lugar ao longo do breve percurso de 4,6 quilómetros, que demora meia hora a percorrer.

Para este desfile foi montado um aparatoso dispositivo de segurança, com helicópteros e polícias em terra para acompanhar a procissão de cinquenta veículos.