A Hennessey, reputado transformador do Texas, aproveitou mais uma edição do SEMA, em Las Vegas, para tentar os fãs de pick-ups – e daquele lado do Atlântico não são poucos – com uma versão tão monstruosa da Gladiator que este Jeep consegue ficar taco a taco com o BMW M4 CS, anunciando 0-100 km/h em menos de 4 segundos.

A magia foi operada essencialmente sob o capot, com a Maximus, assim se designa esta transformação, a trocar o Pentastar V6 de 3,6 litros pelo mesmo bloco que anima o Dodge Challenger Hellcat. Nem mais nem menos do que um HEMI V8 6.2 que, na sua versão mais extrema, debita uns impressionantes 808 cv. Porém, a Hennessey entendeu que a Gladiator merecia um pouco mais e tratou de elevar a potência para 1014 cv, enquanto o binário disparou para 1264 Nm.

No interior, bancos personalizados revestidos a pele e uma placa numerada a identificar a unidade desta série especial

O acréscimo de potência e de “força” foi conseguido à custa de várias alterações, nomeadamente com a adopção de um novo radiador, nova injecção de combustível, sistema de escape em aço inoxidável e uma nova unidade de gestão do motor. Tudo isto permitiu à Hennessy Performance oferecer à Gladiator uma potência quatro vezes maior que os 285 cv debitados pelo bloco mais potente da gama. E talvez tenha sido esse o raciocínio a presidir à definição do preço da Maximus que, curiosamente, também é quatro vezes mais cara que a Gladiator de série. Serão produzidas apenas 24 unidades desta edição limitada, sendo que cada uma é proposta por 225 mil dólares (cerca de 204.000€) no mercado norte-americano.

Por fora, uma das mudanças mais evidentes prende-se com a altura ao solo que, nesta preparação, usufrui de um kit de elevação de 15 centímetros da King, o que tornou possível “calçar” na Gladiator uns pneumáticos para todo-o-terreno BF Goodrich Mud-Terrain T/A em jantes de 20 polegadas. De destacar, ainda, os pára-choques específicos em aço reforçado e com luzes LED auxiliares de alta potência integradas, além dos estribos escamoteáveis.

O cocktail fica completo com (ainda) mais argumentos para lidar com aventuras no fora de estrada. Se a Gladiator, só por si, já se afirma preparada para superar os mais difíceis desafios por incorporar toda a tecnologia do Wrangler no off-road, a Maximus eleva a fasquia. Os dois eixos rígidos são agora mais robustos (Dana 60), o veio da transmissão foi reforçado e a suspensão também é nova.