A banda norte-americana Snarky Puppy vai atuar em Portugal em março do próximo ano. O grupo, que tem tido formação variável mas sempre numerosa, é liderado pelo baixista Michael League e tem concertos agendados no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa, e no Coliseu do Porto, respetivamente a 22 e 23 de março.

Conhecidos pela sua mistura de estilos musicais — de melodias pop a uma base rítmica jazzística, da linguagem rock ao groove funk —, os Snarky Puppy nasceram em 2004 e lançaram o seu primeiro álbum (um disco ao vivo) em 2005. Começaram por ser uma espécie de big band escolar, agrupada quando Michael League estudava na universidade do Texas Norte, mas acabaram por se tornar uma formação com digressões constantes pelos sete continentes, que já venceu três prémios Grammy e que já editou 15 discos.

Entre os músicos que fazem atualmente parte dos Snarky Puppy estão instrumentistas e compositores como Zach Brock e Bill Laurance. Os membros atuais da banda já atuaram ao vivo com artistas como Erykah Badu, Justin Timberlake, Stanley Clarke, Roy Hargrove, David Crosby e Snoop Doog, o que reflete bem a multitude de estilos e influências dos músicos do grupo, habitualmente associado ao jazz de fusão.

Este ano, a banda deu um concerto em Portugal, no festival EDP Cool Jazz. O mote quer da vinda ao festival quer das próximas atuações em 2020 é um álbum editado pelos Snarky Puppy este ano, intitulado Immigrance.