Lisboa Art Weekend

Diferentes galerias em Lisboa; Sexta a domingo

Para uma maratona de arte contemporânea sem grandes estafa: 19 espaços da cidade abrem as portas ao público com inaugurações e eventos especiais, durante estes três dias reservados à primeira edição do Lisboa Art Weekend. Vale a pena começar por orientar-se com o GPS básico, que é como quem diz o elenco de todas as galerias que se associam a este circuito. E depois, é só planear o seu fim de semana. Galeria 3+1 Arte Contemporânea, AZAN, Balcony Contemporary Art Gallery, Galeria Bruno Múrias, Carpintarias de São Lázaro, Cristina Guerra Contemporary Art, FOCO, Galeria Francisco Fino ou Underdogs Gallery são apenas algumas dos pontos de paragem possíveis.

Tem 19 espaços alfacinhas para visitar este fim de semana (e nos restantes, claro) © Instagram Galeria Francisco Fino

RAIA #4

Regueirão Anjos, 70 (Lisboa). Sábado e domingo, 11h00 às 19h00

Para quem não desiste do papel: é mais um grande bazar, o quarto, proporcionado pela Raia, que promove a reunião de dezenas de editores independentes nacionais e internacionais, artistas gráficos, impressores e artesãos do papel. O cartaz foi feito por André Lemos e ajuda a divulgar este conjunto de edições, discos e artes gráficas que vai encontrar este sábado e domingo por aqui, entre lançamentos, leituras, exposições, concertos, e outras atividades paralelas. Dos alunos da António Arroio às edições da Antígona, passando pela ilustradora Carolina Celas, pela Chili com Carne, Imprensa Canalha ou Erva Daninha Press, há uma série de nomes a descobrir. Se a fome apertar, porque nem só de papel se vive, conte com serviço de bar e cantina vegetariana.

Um trabalho de Carolina Celas, um dos muitos nomes que vão abrir o livro nesta quarta edição organizada pelo coletivo RAIA @ Instagram Carolina Celas

Quinzena Gastronómica da Aguardente DOC Lourinhã

Lourinhã; até 24 de novembro

Para quem suspira por um aquecimento extra: é nas caves da Lourinhã que nasce uma das aguardentes mais famosas do mundo, que dispensa quedas abruptas no mercúrio ou chuvas torrenciais para que a elegamos regularmente. Novembro ajuda apenas a reforçar o interesse no néctar e lança o convite para a visita a esta região demarcada, com 13 restaurantes a associarem-se a esta quinzena onde o álcool se intromete nas receitas. Entre doces e salgados, perca-se na lista completa de espaços que alinham nesta oitava edição.

A aguardente aqui produzida leva o selo DOC e a fama de Portugal além-fronteiras © Henrique Casinhas/OBSERVADOR

3º Aniversário It’s a Book

Rua Forno do Tijolo nº30 – A, Lisboa; Sábado, 16h00

Para quem acusa sem vergonhas o síndroma Peter Pan: é mais um encontro para cabeças analógicas, ou pelo menos para quem encontra redobrado nas edições cuidadas e renovadas em formato tradicional. São para os meninos e para as meninas, mais pequenos ou em fase adulta, que se queriam juntar à terceira festa de aniversário da livraria It’s a Book. Será inaugurada a exposição “It’s Playful”, que este ano conta com a participação dos ilustradores Joana Estrela e Lord Mantraste e há uma reedição surpresa prometida. É aparecer.

A It’s a Book vale uma passagem por Arroios © Facebook It’s a Book

O Fartura – Comidas do Brasil

Espaço Espelho d’ Água, Av. Brasília, Lisboa; Sábado e domingo, 13h00. Reservas: 213 010 510, info@espacoespelhodeagua.com

Para quem tem olhos, barriga e fome de intercâmbios culturais: uma plataforma para dar de comer à união entre a gastronomia portuguesa e brasileira. O resultado é uma Fartura que só vista. Prepare o estômago para pirão e capote, nua viagem ao nordeste, receba o caju nessa passagem pelo ceará, e se passar por Minas, faça o favor de não esquecer a Broa de Fubá e Caldo de Mel de Engenho com Cachaça. As provas estão à distância deste festival que acontece este fim de semana no Espaço Espelho d’Água, em Lisboa, com direito a almoços, conversas e outras experiências, servidos por dois chefs oriundos do outro lado do Atlântico. Este sábado, 16, há almoço com dedo do chef Flávio Trombino, e domingo com a chef Marina Araújo. Inscreva-se antecipadamente.

A chef Marina Araújo © Instagram Festival Fartura

MOCHE XL Games World

Altice Arena, Parque das Nações, Lisboa; Quinta-Feira e Domingo 10h00 às 20h00, Sexta-Feira e Sábado 10h00 às 22h00; 7,50 euros

Para quem não perde uma oportunidade de cosplay (ou é maluco por jogos nostálgicos): este arranque não aparece do nada. É que os cosplayers têm entrada livre neste MOCHE XL Games World, um encontro em tamanho extra large de gamers que acontece entra quinta-feira e domingo. Há novidades e lançamentos aguardados, competições na área dos conteúdos de desporto, convívio com influenciadores e um leque de opções para todos os gostos. Da PlayStation à Nintendo, sem esquecer o Fortnite World (mais de 100 postos de jogo disponíveis), os mais saudosistas podem ainda ver as horas a passar com jogos de Tabuleiro, ou no Salão de Jogos (um espaço com mais de 100 postos de jogo retro, pinball, entre outros). Ah, e para um regresso ao futuro, claro que também há realidade virtual.

O grande mundo dos videojogos instala-se no Parque das Nações © Instagram Moche XL Games World

2º Aniversário da Casa da Arquitetura

Av. Menéres 456, Matosinhos. Sexta, sábado e domingo

Para quem não se contenta com um só dia de festejos: a Casa da Arquitetura – Centro Português de Arquitetura, em Matosinhos, completa dois anos de atividade na Real Vinícola e a festa decorre ao longo de três jornadas, entre sexta-feira e domingo. O programa acontece dentro e fora de portas e espera agradar a diferentes idades. Há animação do quarteirão, visitas guiadas, atividades para famílias e crianças, performances, concerto, conversas, entre outros. Um dos momentos altos do primeiro dia, 15 de novembro, é o concerto “Jazz para Souto de Moura” da Orquestra Jazz de Matosinhos. Outro dos destaques incide sobre a inauguração, na Casa Roberto Ivens, da Exposição “Siza antes do Siza. Álvaro Siza l’opera prima” organizada no âmbito do número 896 da revista Casabella, lançado em abril de 2019. Consulte aqui o roteiro completo de propostas.

© Ivo Tavares Studio

Arquivo Diogo Seixas Lopes

Fundação Calouste Gulbenkian, Av. de Berna, 45; Sábado, 17h00

Para quem gosta de escrever por linhas direitas, inspirado pelo melhor da arquitetura: Arquivo Diogo Seixas Lopes é a obra de peso que a Dafne Editora apresenta dia 16. Um volume que condensa os textos e publicações do arquiteto Diogo Seixas Lopes (1972-2016) e que conta com a participação de Maria João Guardão, Gonçalo Byrne, Ricardo Pedroso Lima, Jorge Figueira e Fernanda Fragateiro. Do trabalho enquanto crítico de música no semanário Já, nos anos 90, à crítica de cinema na revista Première, são várias as secções que norteiam o livro, com passagem inevitável pelos textos sobre arquitetura produzidos entre 2012 e 2016.

“Nunca mais é sábado” é uma rubrica que reúne, todas as semanas, as melhores sugestões para aproveitar o fim de semana.