O Produto Interno Bruto cresceu 0,3% no terceiro trimestre, face aos três meses anteriores, metade do registado no segundo trimestre, mantendo o ritmo de crescimento, de 1,9%, na comparação com o mesmo período de 2018, divulgou o INE.

Segundo a estimativa rápida do INE, “comparativamente com o segundo trimestre de 2019, o PIB aumentou 0,3% em termos reais (variação em cadeia de 0,6% no trimestre anterior), refletindo o contributo positivo da procura interna para a variação em cadeia do PIB, superior ao registado no segundo trimestre, e o contributo negativo mais intenso da procura externa líquida”.

Já em termos homólogos, o INE indica que “a procura interna registou um contributo positivo para a variação homóloga do PIB semelhante ao observado no segundo trimestre, verificando-se uma aceleração do consumo privado, enquanto o investimento registou um crescimento menos intenso”.

PIB da zona euro mantém crescimento de 1,2%

A economia da zona euro manteve no terceiro trimestre um ritmo de crescimento homólogo de 1,2%, enquanto a da União Europeia abrandou 0,1 pontos para os 1,3%, face ao período anterior, segundo o Eurostat.

De acordo com uma estimativa rápida do gabinete estatístico europeu, o Produto Interno Bruto (PIB) da zona euro registou um crescimento homólogo de 1,2% entre julho e setembro, ao mesmo ritmo do que no trimestre anterior.

Na UE, a expansão homóloga do PIB abrandou para os 1,3%, face aos 1,4% registados no segundo trimestre.

Na variação em cadeia, o PIB da zona euro manteve um ritmo de crescimento de 0,2% e o da UE acelerou para os 0,3%, depois de ambos terem aumentado 0,2% entre março e junho.

Notícia atualizada às 12:05 com dados da zona euro