O selecionador do Luxemburgo afirmou hoje que vai “tentar complicar ao máximo” a tarefa de Portugal no domingo, em jogo de apuramento para o Euro2020 de futebol, e também de Ronaldo, que pode chegar aos 100 golos internacionais.

“Se o Luxemburgo vencer Portugal, uma das melhores equipas do mundo, será um grande feito. Há pessoas no país que ficarão tristes, já que existe uma grande comunidade portuguesa. Sabemos da qualidade do nosso adversário, mas vamos tentar complicar ao máximo, como fizemos com a Ucrânia e Sérvia”, afirmou Luc Holtz.

O técnico luxemburguês falava aos jornalistas na conferência de imprensa de antecipação do último encontro do Grupo B, na unidade hoteleira em que a sua equipa está instalada, na pequena vila de Lipperscheid, no norte do país.

Holtz garantiu que o Luxemburgo não quer ficar na história como a equipa que sofreu o golo 100 de Ronaldo com a camisola de Portugal, mas lembrou que o avançado português, mesmo que esteja com problemas físicos, continua a ser “um jogador extraordinário”.

“Ele sente espaços como poucos jogadores e pode marcar quando quiser. Com a maturidade que tem, pode fazer a diferença a qualquer momento. Quando o seu treinador na Juventus o tira num jogo, provavelmente, terá os seus motivos, mas mesmo com 80% de suas capacidades Ronaldo ainda pode decidir sozinho uma partida”, disse o treinador, de 50 anos.

O selecionador do Luxemburgo, que comanda a equipa desde 2011, abordou ainda o estado do relvado do estádio Josy Barthel, palco do jogo de domingo, mostrando-se otimista que vai melhorar.

“Estive hoje a ver o campo e posso dizer que está em melhores condições do que nos últimos dias. Não posso garantir nada. Acho que não vai estar num ótimo estado, mas estará de certeza num estado aceitável”, considerou.

Com um encontro por disputar no Grupo B, a Ucrânia, já apurada, lidera com 19 pontos, mais cinco do que Portugal, segundo classificado, e seis do que a Sérvia, terceira. O Luxemburgo é quarto posicionado, com quatro pontos.

Na última jornada, Portugal joga no Luxemburgo, enquanto a Sérvia recebe a Ucrânia, com um triunfo da ‘equipa das quinas’ a proporcionar o apuramento direto para a fase final, independentemente do resultado obtido pelos sérvios.

O Luxemburgo-Portugal está agendado para as 15:00 (14:00 horas da Lisboa) e vai ter arbitragem do espanhol Jesús Gil Manzano.