Durante a apresentação mundial do Mustang Mach-E, apenas um fabricante concorrente reagiu à chegada do primeiro Mustang SUV e, para mais, alimentado por bateria. Habitualmente, as marcas não saúdam o aparecimento de quaisquer concorrentes, pois serão sempre mais uns veículos a afectar-lhes, potencialmente, as vendas e os lucros.

Ainda o evento ia a meio, já a Ford publicava num tweet “Zero combustível. Zero emissões. 100% de prazer. Clique aqui se quiser ser dos primeiros a reservar o novo e 100% eléctrico #Mustang Mach-E”. O novo SUV eléctrico da Ford vai bater-se com todos os SUV a bateria destas dimensões, pelo que Mercedes, Jaguar e sobretudo Tesla – esta especialmente por ser americana, tal como a Ford – tinham todos os motivos para não ver com bons olhos a chegada de mais um concorrente que, para cúmulo, tem alguns trunfos do seu lado.

O tweet da Ford teve uma resposta pronta de Elon Musk, o responsável pela Tesla, que escreveu: “Parabéns pelo Mach-E! Carros sustentáveis e eléctricos são o futuro!! Entusiasmado por ver este anúncio da Ford, que irá estimular outros construtores a apostar igualmente nos eléctricos”. Isto do homem que gere a marca que vai fabricar já em 2020 o Model Y, SUV (ou crossover) com quem o Mustang Mach-E visa bater-se taco a taco.

Após o comentário de Musk, a Ford respondeu “Obrigado Elon. Não poderíamos estar mais de acordo. Vemo-nos num posto de carga!”