Com a aproximação do inverno pode ser tentador dormir debaixo de um edredão de penas, mas cuidado, um grupo de médicos avisou que este aconchego pode implicar consequências graves para a saúde, avançou o The Guardian.

Os médicos do Hospital Victoria em Kirkcaldy e do Aberdeen Royal Infirmary (Escócia) relataram um caso de uma inflamação pulmonar causada pela inalação de pó das penas e têm chamado a atenção da restante comunidade médica para pacientes com sintomas de falta de ar inexplicável.

A equipa de especialistas descreveu na publicação BMJ Case Reports que a condição, uma forma de pneumonia hipersensível, deve-se a uma resposta imune. Os sintomas incluem suores noturnos, tosse seca e falta de ar e a inalação frequente destas poeiras podem causar cicatrizes irreversíveis nos pulmões.

Na publicação, é referido um homem de 43 anos, não fumador, que foi ao médico depois de passar três meses com sintomas de fadiga, mal-estar e dificuldade em respirar, depois de ter mudado a roupa de cama sintética para edredão com penas. Exames feitos posteriormente mostraram que o homem tinha anticorpos invulgarmente elevados contra proteínas específicas de aves.

[Este foi um dos temas no Jet Lag de hoje de Filomena Martins, que pode ouvir aqui]