A chuva vai continuar a cair durante o sábado e o domingo e o início da próxima semana, prevendo-se ainda vento forte e temperaturas máximas entre os 14 e os 18 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Maria João Frada.

“Para hoje [sexta-feira] e para os próximos dias vamos ter a continuação da passagem de ondulações frontais em que vamos ter alternância do regime de chuva contínua e regime de aguaceiros. Durante a noite de hoje [quinta-feira] tivemos precipitação persistente, em especial no norte e centro, e estendeu-se ao sotavento algarvio”, disse.

De acordo com a especialista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a entidade emitiu aviso amarelo para quase todos os distritos do continente por causa da chuva e do vento forte com rajadas que podem chegar aos 110 quilómetros por hora nas terras altas. Tudo causado pelo que as agências do ambiente de Espanha, Portugal e França batizaram como Cecília.

O forte vento obrigou, na manhã desta sexta-feira, a impor restrições na circulação nas pontes 25 de abril e Vasco da Gama, confirmou o Observador junto de fonte da Lusoponte. Na Ponte 25 de abril foi imposto um limite de 60 km/h, que ainda se mantém. Já na Ponte Vasco da Gama, o limite estabelecido era de 90 km/h, tendo este sido já levantado. Mas as motas e veículos com lonas não estão impedidos de circular em nenhuma das pontes.

O mau tempo já provocou estragos em vários locais do país, com quedas de árvores e de pequenas estruturas, tendo a chuva intensa que caiu durante a manhã em Lisboa preocupado o IPMA.

O IPMA emitiu também aviso amarelo para toda a costa portuguesa por causa da previsão de agitação marítima forte com ondas de 4 a 5 metros.

“Para amanhã [sábado] está prevista descida da temperatura de 2 a 5 graus. Vamos ter um ar polar associado a um pós-frontal. Estão previstos aguaceiros, em especial nas regiões do norte e centro, que poderão ser de neve acima dos 1.300/1.500 metros”, disse.

No domingo, segundo Maria João Frada, as temperaturas vão estar mais amenas, devendo as máximas variar entre os 14 e os 18/19 graus, sendo inferiores na região da Serra da Estrela. “No domingo e segunda-feira volta uma nova ondulação frontal com ar mais quente e voltam a subir as temperaturas”, indicou. Segundo a meteorologista, a tendência para a próxima semana é de continuação da chuva.