Khalid vai regressar ao NOS Alive na edição de 2020, para atuar no mesmo dia e no mesmo palco, o principal, que Taylor Swift, anunciou esta segunda-feira a organização. O norte-americano passou pelo festival este ano, mas tocou o palco secundário, o Sagres. No próximo ano, atuará no NOS, no dia 9 de julho.

Cantor e compositor, Khalid estreou-se no mundo da música em 2015. Entre as suas influências contam-se nomes como Kendrick Lamar, A$AP Rocky ou Father John Misty. O primeiro álbum, American Teen, saiu em março de 2017, precedido pelo tema “Hopeless”. Em 2018, lançou o EP Suncity e, no início deste ano, o longa-duração Free Spirit.

Muito Papillon, algum Sampha e pouco Khalid para tanto público. O pontapé de saída do NOS Alive fora do palco principal

O artista de 21 anos, que conta com vários prémios e nomeações para os Grammy, foi um dos grandes vencedores da edição de 2019 dos American Music Awards (AMAs), que decorreram este domingo no Microsoft Theater, em Los Angeles. Khalid ganhou três das quatro categorias para as quais estava nomeado, incluindo a de melhor artista masculino pop/rock e a de melhor álbum de Soul/R&B, com Free Spirit.

American Music Awards. Taylor Swift é a artista do ano e da década

O NOS Alive irá decorrer entre os dias 9 e 11 de julho de 2020, no Passeio Marítimo de Algés. Os bilhetes já estão à venda nos locais habituais. Até ao momento, estão confirmados os seguintes artistas: Alt-j, Billie Eilish, Cage The Elephant, Caribou, Da Weasel, Finneas, Hobo Johnson and The Lovemakers, Parov Stelar, Taylor Swift,Two Door Cinema Club e Wolf Parade.