Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Uma mãe australiana está a ser acusada de homicídio depois de as suas duas filhas, de um e dois anos, terem sido encontradas mortas no interior do seu carro este fim de semana.

Kerri-Ann Conley é a primeira pessoa a ser acusada deste crime depois de o estado australiano de Queenslan ter alterado a definição de homicídio para incluir “indiferença imprudente em relação à vida humana”.

As crianças foram descobertas por polícias, este sábado, numa localidade perto de Brisbane, e não é claro durante quanto tempo foram deixadas no interior do veículo pela mãe de 27 anos. Segundo a BBC, a temperatura era de 31ºC dentro do carro. As bebés mostravam claras evidências de terem estado expostas a temperaturas elevadas, revelaram as autoridades.

O caso está a ser investigado.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR