Nem a polémica que se seguiu à apresentação da Cybertruck da Tesla, com as suas linhas angulosas, parece ter beliscado o interesse de potenciais clientes em adquirir uma unidade da pick-up eléctrica americana. De acordo com Elon Musk, o CEO, as encomendas têm chegado a bom ritmo, mas houve uma muito especial, que foi anunciada pelo próprio cliente: a polícia do Dubai.

As forças de segurança desta cidade-estado dos Emiratos Árabes Unidos são conhecidas não só por dar provas de ter um gosto refinado no que respeita a automóveis, como por fazer questão de ter sempre à sua disposição as mais recentes novidades de tudo o que seja rápido e potente. Na frota não faltam Bugatti Veyron, Aston Martin One-77, vários Ferrari e Lamborghini, Audi R8 e Mercedes-AMG, entre outros. E apesar de o Dubai ser um emirato que vive do petróleo, decidiu que era chegada a altura de reforçar a frota com a nova Tesla Cybertruck.

O anúncio chegou através do Twitter, com o hashtag #CyberTruck Dubai Police – 2020, e foi efectuado pelo próprio comandante da corporação, Abdullah Khalifa Al Marri, que garantiu que o novo veículo vai ajudar a manter a ordem nas zonas mais turísticas, como o Burj Khalifa, Sheikh Mohammed Bin Rashid Boulevard, Jumeirah Beach Residence e Port La Mer.

Dificilmente existirá um melhor cartão-de-visita para a Tesla do que ter uma Cybertruck a circular nos Emiratos. Apesar de se tratar de uma enorme pick-up, será complicado a qualquer superdesportivo escapar-lhe, graças aos seus 2,9 segundos de 0-97 km/h.

O estranho é que a polícia anuncia a chegada do veículo para 2020, quando a produção não arranca antes de 2021 e mais lá para o final do ano. Curiosamente, no dia em que anunciou a compra da Cybertruck, a polícia revelou ter encomendado também um Mercedes AMG GT 63S, cujos 639 cv lhe permitem atingir 315 km/h e ir de 0-100 km/h em apenas 3,2 segundos. O que é um excelente valor, mas pode não chegar para bater a pick-up eléctrica da Tesla.