Os restantes restos mortais dos 39 vietnamitas encontrados mortos a 23 de outubro no interior de um camião no Reino Unido foram repatriados este sábado, depois de os primeiros 16 corpos já terem sido entregues às famílias, na quarta-feira.

Fotografias divulgadas pela agência oficial de notícias vietnamita mostram a chegada ao aeroporto de Hanói de 16 corpos e de sete urnas funerárias. Os corpos foram depois transportados em ambulâncias para as cidades de origem das vítimas, em várias províncias do norte e centro do Vietname.

Os 39 migrantes, 31 homens e oito mulheres, com idades entre os 15 e os 44 anos, foram encontrados mortos num camião refrigerado numa área industrial em Grays, na região de Essex, a cerca de 30 quilómetros a leste de Londres. A descoberta do camião, em 23 de outubro, provocou indignação em todo o mundo e expôs as rotas de migração clandestina altamente organizadas entre o Vietname e a Europa.

Vários suspeitos foram detidos no Reino Unido e no Vietname. No início desta semana, o motorista Maurice Robinson, conhecido por Mo, admitiu em tribunal ter participado num esquema para auxiliar a imigração ilegal. O irlandês está ainda a ser acusado de homicídio.