Já é uma tradição anual: antes do Natal, a Apple e a Google divulgam aquelas que são, para as marcas, as melhores aplicações do ano. Este ano, pela primeira vez, a empresa liderada por Tim Cook organizou um evento específico para o feito, em Nova Iorque. Apesar de a marca da maçã desdobrar as aplicações em várias categorias, a Google atribui apenas uma e junta-lhe o voto do público.

As melhores apps do ano para a Apple e Google são:

App do ano para iPhone: Spectre Camera

A Spectre Camera, desenvolvida pela Lux Optics LLC, “é um obturador com inteligência artificial para o seu iPhone, que permite criar exposições longas” e apagar pessoas. A aplicação combina centenas de fotos tiradas durante um período de três a nove segundos, criando vários tipos de efeitos: faixas de luz num carro à noite, por exemplo, ou fazer com que a água corrente pareça uma pintura.

App do ano para iPad: Flow by Moleskine

A aplicação que a Apple escolheu como a melhor do ano para iPad é a Flow by Moleskine, que já tinha vencido um prémio de design este ano, numa outra gala da Apple. O objetivo desta app é que os utilizadores possam desenhar e tirar notas num bloco de notas digital, de forma simples.

App do ano para Mac: Affinity Publisher

A aplicação que a Apple escolheu para os computadores Mac é a Affinity Publisher, da Serif Labs. Esta aplicação permite que os utilizadores desenhem e publiquem livros, revistas, pósteres ou outros artigos que envolvam design A app apresenta-se como sendo “a próxima geração de software para publishers profissionais”.

App do ano para Apple TV: The Explorers

Em termos de Apple TV, a aplicação que mereceu a distinção da empresa liderada por Tim Cook foi a The Explorers, da Explorers Network. É uma aplicação feita para as comunidades de fotógrafos e de vídeo, que trabalham juntos para criar um inventário visual do mundo natural. A app apresenta-se como sendo “a aplicação colaborativa para criar o inventário da nossa herança na Terra”.

App do ano para a Google: Ablo

Para a Google, a melhor aplicação de 2019 é a Ablo, cujo slogan é “Fala com pessoas novas & explora o mundo”. A aplicação desenvolvida pela MassiveMedia diz que permite “criar ligações com sentido entre pessoas reais, oriundas de todos os contextos culturais, independentemente da língua que falarem”. Esta aplicação faz a tradução das conversas em tempo real, incluindo chamadas.

Voto do público para a app do ano da Google: Glitch Video Effetcs

Além da app que escolhe, a Google permite aos utilizadores decidirem qual foi a aplicação que preferiram em 2019. Ao contrário da empresa, o público escolheu a Glicht Video Effects como app do ano, que se apresenta como sendo o editor de vídeo “com mais estilo”, porque pemrite “distorcer vídeo de uma maneira artística com facilidade”.