A circulação da Linha do Vouga entre Paços de Brandão e Espinho (Aveiro) já foi retomada, depois de ter sido interrompida devido ao despiste de uma viatura, que provocou um ferido ligeiro, diz fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro ao Observador. Durante o corte, a CP fez o transbordo dos passageiros com autocarros.

O despiste do automóvel na Linha do Vouga, registado este domingo, pelas 07h30, provocou um ferido ligeiro que foi transportado pelos Bombeiros de Santa Maria da Feira para o hospital local e obrigou à interrupção da circulação da ferrovia, disse à Lusa fonte também do CDOS.

Às 12h, a linha do Vouga continuava interrompida, porque a viatura que imobilizou aquela via aguarda a chegada de uma grua para ser retirada do local do acidente, acrescentou a mesma fonte do CDOS de Aveiro. Os trabalhos seriam concluídos já perto das 14h.

Em declarações à Lusa fonte do gabinete de imprensa da CP explicou que enquanto a situação estava a ser resolvida, a empresa estava “a fazer o transbordo dos passageiros em autocarros entre as duas localidades”.