O FC Porto entra na última jornada da Liga Europa de futebol a “fazer contas” para estar nos 16 avos de final, com os dragões a precisarem de ganhar frente ao Feyenoord para não depender de terceiros.

A equipa de Sérgio Conceição é a única entre as quatro portuguesas na prova com o futuro por definir, depois de Sporting e Sporting de Braga terem garantido na quinta ronda o apuramento nos respetivos grupos e Vitória de Guimarães ficar sem quaisquer hipóteses. No grupo G, o FC Porto é segundo classificado, com os mesmos sete pontos do que os suíços do Young Boys, e menos um do que os escoceses do Rangers, enquanto o Feyenoord é quarto, com cinco pontos, com todas com hipóteses matemáticas.

Ao FC Porto basta vencer na receção de quinta-feira ao Feyenoord (20h), mas um empate também poderá servir, se o Young Boys não vencer na visita aos escoceses do Rangers, com os quais a equipa lusa tem desvantagem no confronto direto.

Já o Sporting, no grupo D, e o Sporting de Braga, no grupo K, entram na sexta e última jornada apurados e a tentarem apenas terminar em primeiro, o que lhes daria o estatuto de cabeça de série nos 16 avos de final. O Sporting discute diretamente com o LASK Linz essa vitória no grupo, bastando aos ‘leões’ um empate. A equipa tem 12 pontos, o LASK dez, enquanto o PSV tem sete, mas desvantagem nos confrontos com austríacos, e o Rosenborg zero pontos.

No grupo de bracarenses, a equipa de Ricardo Sá Pinto tem 11 pontos, mais um do que o Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo, que tem dez e está igualmente apurado. O Braga, que visita o Slovan Bratislava (quatro pontos), pode até terminar com os mesmos pontos dos “wolves”, diante dos quais têm vantagem, e numa ronda em que os ingleses recebem os turcos do Besiktas. São os ingleses, que têm Rui Patrício, João Moutinho, Rúben Neves, Rúben Vinagre e Diogo Jota, que têm que fazer sempre melhor do que o Braga, para evitarem que a equipa minhota vença o grupo.

O Vitória de Guimarães tem a eliminação “traçada”, com a equipa, que tem dois pontos, a visitar o Eintracht Frankfurt (nove), de André Silva e Gonçalo Paciência, ao mesmo tempo que o Arsenal (dez) visita o Standard Liège (sete).

No grupo J, a Roma, de Paulo Fonseca, depende apenas de si para se apurar, com os italianos (com oito pontos) a receberem os austríacos do Wolfsberger (quatro), enquanto o Borussia Moenchengladbach (oito) recebe o Basaksehir (sete), com ambos também na ‘corrida’ ao apuramento.

À entrada para esta última ronda, Sporting, Sporting de Braga, Wolverhampton, Espanyol, Manchester United, AZ Alkmaar, Basileia, Sevilha, APOEL, Celtic, Gent, Wolfsburgo e LASK Linz são as equipas com lugar garantido na fase seguinte.