“O que é que faz com que um local seja digno de uma visita neste preciso momento?” foi a pergunta que deu origem à lista dos 50 melhores locais para viajar, compilada pela Travel+Leisure. Desde Addis Ababa, na Etiópia, a Turcas e Caicos, a lista junta locais para todos os gostos — comida, compras, cultura, história e natureza. Portugal não foi deixado de fora e, em 2020, “tem tudo a ver com experienciá-lo a partir da água”.

O rio Douro aparece em 18º lugar no top 50 da Travel+Leisure, logo a seguir a Dominica, mas o lugar não significa que esta se sobreponha às paisagens que podem ser observadas a partir de um barco que atravessa as águas do rio. A lista está organizada alfabeticamente para que ninguém se perca.

No texto dedicado ao destino português, Hannah Walhout, a autora deste destacou alguns dos navios que fazem cruzeiros no Douro e deixou ainda um apontamento sobre as embarcações que irão atravessar as águas portuguesas ainda este ano — Andorinha, da Tuck, e o S.S. São Gabriel, da Uniworld.

Já em relação às ofertas em terra, a revista refere os vinhos da Quinta do Portal e da Quinta do Seixo, que “servem tintos leves, vinho verde, e o omnipresente vinho do porto”, pode ler-se. Para além disto, uma estadia no Porto é ainda aconselhada a quem por estas terras passa, sendo referidos para o efeito o Le Monumental Palace, “conhecido pela art deco”, e o Torel 1884, “repleto de arte”.