O Governo lança esta sexta-feira, em Viseu, o Programa Nacional de Apoio ao Investimento da Diáspora (PNAID), que pretende “incentivar o regresso e investimentos” dos emigrantes e “promover as exportações” portuguesas.

O programa vai ser apresentado pelo ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e pela ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, na sessão de abertura do IV Encontro de Investidores da Diáspora, que decorre até sábado em Viseu.

De acordo com uma nota do Governo de António Costa, o PNAID “visa incentivar o regresso e o investimento da diáspora em Portugal e, ainda, promover as exportações e o investimento português no estrangeiro através das comunidades ali residentes”.

Na abertura oficial do encontro estão ainda previstas intervenções de Almeida Henriques, Rogério Abrantes e Veiga Simão, respetivamente presidentes da Câmara de Viseu, Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões e Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro. A conferência de abertura será proferida pelo antigo secretário de Estado das Comunidades e atual secretário-geral adjunto do PS, José Luís Carneiro.

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, o secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, e a secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, estarão também presentes no evento, além de representantes dos governos regionais dos Açores e da Madeira e responsáveis de organismos públicos.

Em debate estarão, entre outros temas, “As políticas, mecanismos e medidas de apoio ao investimento e à internacionalização na perspetiva da Diáspora”, “As Regiões Autónomas e a Diáspora” e “As experiências e as oportunidades”.

Os Encontros de Investidores da Diáspora, que se realizam anualmente desde 2016, visam disponibilizar aos empresários portugueses no estrangeiro o acesso a informação sobre as políticas públicas de apoio ao investimento existentes em Portugal e facilitar a criação de redes de contacto e de parcerias com os empresários que aqui exercem a sua atividade.