Há pelo menos 24 unidades hospitalares a realizarem consultas de especialidade aos sábados. A redução das listas de espera e a adequação dos serviços às necessidades dos doentes são os principais objetivos. O número é avançado pelo Jornal de Notícias, este sábado, que cita informações das Administrações Regionais de Saúde.

O Centro Hospitalar Lisboa Norte, que inclui o Hospital Santa Maria e Hospital Pulido Valente, o Centro Hospitalar do Algarve, com os hospitais de Faro, de Lagos e de Portimão, e o Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, com o Hospital Distrital de Vila Nova de Gaia e o Hospital Eduardo Santos Silva, são alguns dos exemplos, no que toca a centros hospitalares.

O jornal destaca ainda as Unidades Locais de Saúde do Nordeste (hospitais distritais de Bragança, de Macedo de Cavaleiros e de Mirandela) e do Litoral Alentejano (Hospital Litoral Alentejano) e os hospitais de Leiria e de Santarém.

Segundo o JN, o Hospital São João, no Porto é a unidade hospitalar com mais especialidades a dar consultas ao sábado e até as realiza ao domingo. Contavam-se 6572 consultas, de sete diferentes especialidades, feitas aos fins de semana, até 27 de outubro de 2019.

O programa de Governo já previa a realização de consultas aos sábados para “melhorar o acesso aos serviços de saúde”. Apesar de considerar esta medida “positiva”, o presidente da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares, Alexandre Lourenço, sublinha a importância de reforçar o número de profissionais de saúde, para que mais hospitais adiram a este alargamento do horário das consultas aos fins de semana.