Uma nova ligação de autocarros entre o posto fronteiriço de Macau na ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau e o aeroporto internacional de Hong Kong arrancou na segunda-feira.

Os autocarros vão funcionar em permanência e tem “38 partidas diárias de ida e volta, nos dias úteis, e 44 partidas diárias de ida e volta aos sábados, domingos e feriados”, indicou a página eletrónica da Direção dos Serviços de Assuntos de Tráfego (DSAT) do Governo de Macau. O preço de bilhete de ida é de 185 patacas (cerca de 21 euros) e este novo serviço disponibiliza também balcões de check-in, refere o site da empresa transportadora.

Até aqui, os autocarros de Macau para Hong Kong deixavam os passageiros no posto fronteiriço da ponte na região administrativa especial chinesa vizinhas, sendo necessário, para chegar ao aeroporto internacional, apanhar um autocarro da rede pública de Hong Kong ou um táxi.

A maior travessia marítima do mundo que liga Macau, Hong Kong e a cidade chinesa de Zhuhai, inaugurada em outubro de 2018 pelo Presidente da China, Xi Jinping, é considerada uma infraestrutura fundamental para o projeto da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, que visa criar uma metrópole mundial a partir das regiões administrativas especiais e nove localidades da província de Guangdong (sul), uma área com cerca de 68 milhões de habitantes.

Mais informações podem ser consultadas no site www.macauhkairportbus.com, de acordo com a DSAT.