Um total de onze centros de saúde na região do Algarve vão estar abertos nos dias 24 e 31 de dezembro para evitar deslocações desnecessárias às urgências hospitalares, anunciou esta segunda-feira a Administração Regional de Saúde (ARS).

Em comunicado, a ARS/Algarve adianta que os centros de saúde que vão estar abertos na véspera de Natal e no último dia do ano são todos os da zona do barlavento (Aljezur, Lagos, Lagoa, Portimão, Silves, Monchique e Vila do Bispo), assim como os de Faro, Olhão, São Brás de Alportel e Tavira.

O objetivo é assegurar, “em caso de necessidade, a prestação de cuidados de saúde à população no seu centro de saúde e evitar deslocações desnecessárias às urgências hospitalares”, refere aquele organismo.

A afluência de utentes às unidades de cuidados de saúde primários e hospitalares é monitorizada diariamente no âmbito do Plano de Contingência Saúde Sazonal, de modo a que, em caso de necessidade, os centros de saúde e as urgências hospitalares reforcem as equipas de profissionais ou alarguem os horários de atendimento das consultas de recurso do dia.

Com esta medida, as autoridades tencionam responder, de forma adequada, “a um eventual acréscimo do fluxo de utentes neste período do ano, designadamente, nos casos de doença aguda, como gripe e infeções respiratórias”.

A ARS/Algarve recomenda à população que, caso sinta os primeiros sintomas de gripe – como tosse, dores de cabeça, febre, mal-estar e dores musculares -, deverá contactar, em primeiro lugar o centro de contacto SNS 24 (808 24 24 24).

Através desta linha, o utente deverá ser encaminhado para o serviço de saúde mais adequado ou dirigir-se à sua unidade de saúde e ao seu médico de família.