456kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Homens que tentaram atravessar o rio Ferreira de jipe vão "receber a conta", garante o presidente da Câmara de Gondomar

Este artigo tem mais de 2 anos

O autarca de Gondomar garantiu, através do Facebook, que os quatro homens que foram resgatados do rio Ferreira vão assumir a responsabilidade dos custos do salvamento, que podem chegar a 10 mil euros.

O autarca classificou o ato como irresponsável
i

O autarca classificou o ato como irresponsável

MARCO MARTINS

O autarca classificou o ato como irresponsável

MARCO MARTINS

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Os quatro homens que tentaram atravessar de jipe o rio Ferreira, em Gondomar, terão de assumir a responsabilidade dos custos de resgate, que poderá ascender aos 10 mil euros. A garantia é dada pelo presidente da Câmara de Gondomar, Marco Martins.

“Obviamente que estes senhores receberão a conta” dos custos de resgate, escreveu Marco Martins, considerando o ato uma “irresponsabilidade” e lembrando “todos que os alertas são para respeitar”. Segundo o Jornal de Notícias, o custo da operação de resgate pode somar 10 mil euros.

Na rede social, o autarca refere-se a um grupo de quatro indivíduos que, ignorando os alertas climáticos, tentaram atravessar o rio com um jipe, no sábado. O grupo foi vencido pela corrente e teve de ser resgatado por operacionais do INEM, GNR, SM Proteção Civil e Bombeiros Voluntários de São Pedro da Cova, “que arriscaram a vida para fazer o resgate”.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.