A depressão associada a uma superfície frontal que está a afetar os Açores provocou esta terça-feira três inundações, danos em viaturas e estradas na freguesia dos Arrifes, em São Miguel, disse à Lusa o presidente de junta.

Eusébio Massa referiu que foram atingidas pelas fortes chuvas duas habitações e uma loja na freguesia do concelho de Ponta Delgada, tendo sido arrastadas pela força das águas cinco viaturas.

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Ponta Delgada informou, entretanto, que a forte chuva que se fez sentir levou ao encerramento de várias ruas devido ao piso de alcatrão ter cedido à pressão da água.

O Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA) elevou para laranja (segundo mais grave) o aviso relativo à possibilidade de precipitação forte nas ilhas do grupo central dos Açores, durante o dia de hoje.

As ilhas do grupo central (Terceira, São Jorge, Graciosa, Pico e Faial) estão sob “precipitação por vezes forte, podendo ser acompanhada por trovoadas”, de forma mais intensa durante a manhã e o início da tarde.

O IPMA já tinha emitido um aviso amarelo (terceiro mais grave) para os grupos central e oriental (São Miguel e Santa Maria).

As ilhas do grupo central estão sob aviso laranja, passando novamente a amarelo entre as 15h00 e as 18h00.

Já as ilhas de São Miguel e Santa Maria estão sob aviso amarelo, devido à possibilidade de “precipitação por vezes forte, podendo ser acompanhada por trovoadas”, até às 21h00 desta terça-feira.

O IPMA colocou também as ilhas do grupo oriental sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte, até às 21h00.