Esta quinta-feira vai ser marcada pela descida de temperatura e por céu nublado, com nuvens altas. Há possibilidade de formação de geada nas regiões Norte e Centro, de acordo com dados do Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA).

A partir do final da manhã, o céu vai estar muito nublado, com possibilidade de aguaceiros fracos a norte do Cabo Carvoeiro (Peniche). O vento, em geral, vai estar fraco, tornando-se moderado a forte ao final da tarde, nas terras altas. Na Grande Lisboa regista-se uma ligeira descida da temperatura máxima (17.º), assim como no Grande Porto (16.º).

Quanto ao Estado do Mar, na Costa Ocidental, as ondas podem chegar aos três metros, a noroeste. A sul do Cabo Espichel, as ondas não deverão ultrapassar os dois metros. A temperatura da água rondará os 15.º. Já na Costa Sul, as ondas são de um metro e a temperatura da água está nos 16.º.

Açores: emitido alerta para previsão de chuva e vento nos grupos central e ocidental

O IPMA adiantou que nos Açores “uma depressão com um sistema frontal associado, com atividade moderada a Forte, irá provocar um agravamento do estado do tempo nos grupos ocidental” (Flores e Corvo) “e central” (Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial), o que se deverá manter até sexta-feira.

“Assim, para as ilhas do grupo ocidental, as previsões apontam para vento forte do quadrante oeste com rajadas que poderão atingir os 120 quilómetros/hora, precipitação por vezes forte, podendo ser acompanhada de trovoadas, e um aumento da agitação marítima com ondas sudoeste de seis metros”, lê-se no comunicado do Centro de Previsão e Vigilância Meteorológica dos Açores do IPMA.

Para as ilhas do grupo central, “o vento soprará de sul com rajadas que poderão atingir os 95 quilómetros/hora e precipitação por vezes forte”, acrescentou o comunicado. O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores recomenda que sejam tomadas medidas de autoproteção como “o reforço das amarrações das embarcações” ou “a mudança” dos barcos “para local seguro” e “não circular sem necessidade”.

“Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas” e “Afaste-se de áreas baixas junto à costa”, são outras das recomendações da Proteção Civil açoriana, que desaconselha ainda “a prática de atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos ou passeios à beira-mar”. A população deve ainda consolidar telhados, portas e janelas e manter limpos os sistemas de drenagem das residências.