Kevin Ho e José Pedro Soeiro, os acionistas de referência do Global Media, compraram as dívidas do grupo ao Millennium BCP e ao Novo Banco, escreve esta sexta-feira o Eco. Segundo fontes não identificadas, a compra terá sido efetuada com um desconto entre os 80% e os 85%, sendo que a operação aconteceu em simultâneo com a compra das posições de capital detidas pelos dois bancos.

A compra tanto das dívidas como das posições de capital foi comunicada aos colaboradores da Global Media através de uma carta enviada pela administração na véspera de Natal, no dia 24 de dezembro. No documento lê-se que, após esta operação, a dívida bancária da empresa foi reduzida para “valores marginais”. Não se conhece o valor da transação e não se conhece também a quantia perdida pelos bancos. Ao Eco, fonte oficial do grupo remeteu esclarecimentos para as partes que “terão executado o eventual negócio”. Também o BCP e o Novo Branco optaram por não comentar a operação.

Em outubro foi notícia que o BCP tinha vendido a totalidade do capital que detinha na Global Media, grupo que controla títulos como Jornal de Notícias, Diário de Notícias e TSF. Os principais acionistas da Global Media são Kevin Ho, empresário de Macau, dono da KNJ, e José Pedro Soeiro, empresário português ligado ao antigo primeiro-ministro de Angola, Lopo de Nascimento. Joaquim Oliveira ainda permanece acionista, mas reduziu a participação, como já antes escreveu o Observador. A holding de Oliveira, a Controlinveste, apresentou o pedido de insolvência no quadro da reestruturação da dívida à banca que estava também associada aos investimentos que fez na atual Global Media.