Uma mulher com cerca de 35 anos foi morta esta sexta-feira no centro de Leiria, tendo o suspeito sido detido após se despistar no Itinerário Complementar 2 (IC2), em Pombal, disseram à Lusa várias fontes policiais. A mulher terá sido morta por uma arma branca. Crime terá acontecido em contexto de violência doméstica, avança o Jornal de Notícias.

Segundo o mesmo jornal, o casal era de nacionalidade brasileira e vivia com duas crianças, de dois e quatro anos, que estariam dentro da habitação no momento da agressão.

O Correio da Manhã adianta que o alerta terá sido dado pelo próprio autor do crime, após alegadamente ter degolado a mulher com um x-ato. O óbito acabou por ser declarado no local.

Fonte da GNR adiantou à Lusa que esta força policial foi contactada pela PSP de que o suspeito estaria a dirigir-se para Pombal, tendo o Destacamento de Trânsito de Leiria “feito o percurso pelo IC2, sentido sul-norte”.

“O suspeito foi encontrado após se ter despistado na viatura que conduzia e foi detido ao quilómetro 144,5, na zona de Travasso, Pombal”, referiu a mesma fonte, esclarecendo que o suspeito não apresentava ferimentos nem ofereceu resistência no momento da detenção. O suspeito tem 35 anos e é estrangeiro, acrescentou a mesma fonte.

Estiveram no local do crime os bombeiros municipais, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) e a unidade de psicólogos do INEM, num total de nove elementos e quatro viaturas, segundo do Comando Distrital de Operações de Socorro de Leiria. Ao local deslocaram-se ainda PSP e Polícia Judiciária.