A Polícia Judiciária (PJ) de Cabo Verde deteve esta sexta-feira dois homens suspeitos da prática de vários crimes na ilha do Sal, entre eles abuso sexual contra menores, informou aquela autoridade.

Em comunicado, a PJ adiantou que os dois suspeitos foram detidos fora de flagrante delito, numa operação desencadeada pelo Departamento de Investigação Criminal do Sal.

Os dois homens são suspeitos da prática de crimes de abuso sexual de menor, exibicionismo e uma série de crimes contra o património, referiu a mesma fonte.

Um dos detidos, de 36 anos, residente na vila da Palmeira, é suspeito de abusar sexualmente de duas menores de 13 anos, prosseguiu a PJ. Já o outro detido, de 43 anos e residente em Lomba Branca, Espargos, é suspeito da prática de vários crimes de assaltos na via pública.

Segundo a PJ, o assaltante atuava sozinho, em diferentes localidades dos Espargos e de Santa Maria, sendo que para a prática dos crimes usava arma branca, com a qual intimidava as suas vítimas, às quais retirava os pertences. Na sequência das diligências, a PJ recuperou alguns dos objetos roubados, entre os quais telemóveis, tablets e documentos pessoais.

Os dois detidos serão presentes no sábado às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório e aplicação de medidas de coação.