No início da semana, Elon Musk foi visto em companhia de Travis Scott, a estrela do rap e do hip hop. As fotos deste encontro surgiram no Instagram de Kim Kardashian, durante a época natalícia, e não foi necessário esperar muito para ver materializar esta aproximação entre o discreto CEO e o exuberante cantor do Texas, que surgiu em forma de música.

O mais recente álbum de Travis Scott, Jackboys, foi divulgado a 27 de Dezembro e no vídeo é possível ver, para além da banda, três “brinquedos” facilmente identificáveis e todos eles pertencentes a uma empresa que nada tem a ver com a música. A Tesla cedeu ao rapper a Cybertruck, o Cyberquad e o lança-chamas da Boring Company, igualmente de Musk, que curiosamente é denominado “Not a flame Thrower”.

Tudo indica que esta aproximação entre o cantor e o CEO tem vantagens para ambas as partes. Para Scott, que assim tem um vídeo mais “sumarento” para agradar aos fãs, e para Musk, que deste modo entra num ‘mercado’ que tipicamente pode comprar esta classe de veículos, as exuberantes pick-up, como é o dos artistas de Los Angeles e Hollywood.

Este empréstimo terá tido algumas limitações, uma vez que Travis Scott parece brincar com grande à vontade com o lança-chamas e o quad eléctrico, em que aparece a fazer uns piões, mas a Cybertruck está sempre parada em palco. Veja aqui o vídeo: