O Tottenham, orientado pelo treinador português José Mourinho, empatou este sábado 2-2 em casa do lanterna-vermelha Norwich, para a 20.ª jornada da Liga inglesa de futebol, liderada, de forma destacada, pelo Liverpool.

Numa partida em que o videoárbitro (VAR) foi chamado a jogo em duas situações decisivas, anulando um golo ao Norwich e validando uma grande penalidade a favor do Tottenham, Mourinho deixou dois pontos em casa do último.

O bósnio Mario Vrancic, aos 18 minutos, colocou o Norwich a vencer, com uma arrancada pelo corredor central, e ainda antes do intervalo a bola voltaria a entrar na baliza do Tottenham, pelo finlandês Teemu Pukki, mas o lance foi invalidado pelo VAR.

Aos 55 minutos, o Tottenham chegou ao empate, pelo dinamarquês Christian Eriksen, na conversão de um livre direto, mas, aos 61, o Norwich voltou à vantagem, com um autogolo do costa-marfinense Serge Aurier, ‘assistido’ pelo colega Toby Alderweireld.

O Tottenham evitou a derrota através da conversão de uma grande penalidade, por Harry Kane, aos 83 minutos, num lance em que o VAR teve uma vez mais um papel decisivo.

Com este resultado, os ‘spurs’ seguem, provisoriamente, no quinto lugar, a 22 pontos do líder Liverpool e a 13 do Leicester, que venceu por 2-1 em casa do West Ham, com golos do nigeriano Kelechi Iheanacho, aos 40 minutos, e Demarai Gray, que se redimiu, aos 56, do penálti falhado, aos 12. O espanhol Pablo Forrals marcou para os locais, aos 45.

Com menos 10 pontos e mais dois jogos do que o Liverpool, o Leicester segue na segunda posição da Liga inglesa, com 42 pontos, enquanto o West Ham é 17.º, com 19, sendo o primeiro clube acima da linha de despromoção.

Por seu lado, o Everton somou o segundo triunfo consecutivo sob a batuta do treinador italiano Carlo Ancelotti, que substituiu o português Marco Silva, ao vencer por 2-1 em casa do Newcastle.

Calvert-Lewin, com golos aos 13 e 64 minutos, garantiu a conquista dos três pontos para o Everton, que ascendeu provisoriamente ao 10.º lugar, em igualdade pontual com o Newcastle (11.º), que marcou pelo suíço Fabien Schar, aos 56.

Com o internacional português Cédric Soares a titular, o Southampton, que vinha de dois triunfos, empatou 1-1 em casa com o Crystal Palace, que chegou à vantagem por James Tomkins, aos 50 minutos. Daniel Ings empatou, aos 74.

Em igualdade pontual à partida para a jornada, com dois pontos acima da linha de despromoção, o Brighton venceu em casa por 2-0 o Bournemouth, com golos do iraniano Alireza Jahanbakhsh, aos três minutos, e do australiano Aaron Mooy, aos 79.

Ainda na luta pela fuga aos últimos lugares, o Watford venceu em casa por 3-0 o Aston Villa, com golos de Troy Deeney, aos 42 e 67 minutos, este último na conversão de uma grande penalidade, e pelo senegalês Ismaila Sarr, aos 71.

O Watford, do português Domingos Quina, é o 19.º e penúltimo classificado, com 16 pontos, com três de vantagem sobre o lanterna-vermelha Norwich. O Aston Villa é 18.º, com 18.